Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Local para debater sobre os projetos para autoconsumo
Avatar do Utilizador

serges
Administrador
Administrador
Mensagens: 15985
Registado: quinta mar 09, 2006 7:15 pm
Localização: Amadora
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por serges »

Muito interessante… é uma curiosidade interessante!

Normalmente uso o modo eco e ela por si decide nunca ultrapassando os 1800w...
40595 a bordo de uma Vectrix.
Procuro pontos de carga para veículos eléctricos, contacte-me! 915001177
Mapa dos pontos de carga


joaocunharamos
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 311
Registado: quinta jun 04, 2020 10:10 pm
Localização: Porto
Estado: Desligado

Re: Máquina de lavar loiça alimentada com água quente

Mensagem por joaocunharamos »

Quintas2 Escreveu: quinta abr 08, 2021 2:42 pm - No programa de lavagem rápido (1hora), a admissão de água a 55ºC (temperatura no termoacumulador) origina um consumo de energia de 0,9kWh/ciclo, em vez dos 1,3kWh/ciclo com admissão de água fria. É uma poupança considerável.
(...)
Tabela Consumos Máquina Loiça.PNG
Tabela Consumos Máquina Loiça.PNG (5.54 KiB) Visto 639 vezes
Faz sentido. Assumindo um uso de 8.6L de água, a energia para aquecimento é cerca de 8.6 L * 0.00116 kWh/L°C = 0.01 kWh/°C.

O programa intensivo tipicamente usa água de 65°C a 70°C, o que fica acima da temperatura de 55°C de entrada. Com o pré-aquecimento da água fria de 15°C para 55°C, os 40°C de diferença levam à poupança de 0.40kWh, reduzindo de 1.3kWh para 0.9kWh.

Pode não ser tão directo, em particular no programa ECO, porque a máquina poderá usar água fria ou menos quente (35°C por exemplo). A maior parte do consumo neste caso é a rotação da máquina e secagem (0.6kWh).
Última edição por joaocunharamos em quinta abr 08, 2021 7:53 pm, editado 3 vezes no total.
Cumprimentos,
João Ramos


joaocunharamos
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 311
Registado: quinta jun 04, 2020 10:10 pm
Localização: Porto
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por joaocunharamos »

Seria interessante ver a diferença para um programa intermédio ou normal, que tipicamente opera nos 50-55°C
Programas1.jpg
Programas2.jpg
Cumprimentos,
João Ramos


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 936
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por Quintas2 »

Minha máquina:
Programa ECO
Lavagem a 50°C, Enxag. final a 60°C

Programa Rápido
Lavagem a 65°C, Enxag. final a 70°C

Obrigado pelos cálculos João. Não cheguei a esse nível.
O meu objetivo foi a escolha do programa mais adequado ao aproveitamento FV e do NetMeeting. A opção é a do programa rápido, exceto dias de céu muito nublado. De qualquer forma, enquanto o Covid não se for embora, se é que vai, é o programa rápido ou o intensivo, 70°C.

O objetivo desta partilha foi com essa intenção e o de alertar para a configuração do parâmetro de admissão de água quente, pelo menos para quem tiver máquinas similares (grupo Bosch/Siemens/ Balay. Possivelmente outras marcas).

Esse programa ECO desse manual, com enxaguamento a 35°C, deve originar uma secagem menos eficiente, mesmo que tenha secagem ventilada. Mas dá sempre para abrir a porta e deixar secar ao ar (se não for daquelas que abrem a porta automaticamente no final da lavagem), com maior poupança energética.
Cumprimentos,
Quintas2


joaocunharamos
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 311
Registado: quinta jun 04, 2020 10:10 pm
Localização: Porto
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por joaocunharamos »

Quintas2 Escreveu: sexta abr 09, 2021 4:55 am Esse programa ECO desse manual, com enxaguamento a 35°C, deve originar uma secagem menos eficiente, (...)
Verdade. É um manual Bosch duma máquina série 4 mas escolhi à sorte.
Obrigado pela partilha.
Cumprimentos,
João Ramos


joaocunharamos
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 311
Registado: quinta jun 04, 2020 10:10 pm
Localização: Porto
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por joaocunharamos »

12AF1F37-07A4-4B36-BF66-C057199F623E.jpeg
Se interessar: o perfil de consumo de uma máquina de lavar LOUÇA.
Se o motor estiver a funcionar ao mesmo tempo que a água é aquecida, então até 0.1kWh são dos motores e não do aquecimento. Isso bate certo com os teus números, Quintas.

A minha maquina de lavar ROUPA, por outro lado, verifiquei agora que usa 50L !!! de água por lavagem mas só 0.45 kWh de energia. Significa que só cerca de 3-5L são aquecidos e não faz muito sentido usar água quente.
Cumprimentos,
João Ramos


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 936
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por Quintas2 »

Sem aquecer a água, a minha consome 30-40W no programa ECO e 50-60W no rápido. Pelo ruído, dá a impressão que os braços de lavagem funcionam alternadamente no Eco, pois lava com menos água. A pressão da água também é maior no rápido.

Quanto à da roupa, tenho bi-térmica, mas é verdade, não justifica.
Cumprimentos,
Quintas2


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 936
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Recuperação do Investimento

Mensagem por Quintas2 »

Estou prestes a ter o meu investimento integralmente recuperado, que deverá ocorrer em meados deste ano.

Considerei cada parafuso comprado. O valor investido vai além do custo dos kits fotovoltaicos. Inclui tudo o que fui comprando ao longo destes anos, com o culminar recente num Shelly 1PM. Mas sou parcimonioso a comprar coisas apenas para satisfazer o meu impulso de ver mais um "bonito".

Não considerei o custo do capital investido. Considerá-lo aponta para um retorno total do investimento mais para o final deste ano. Digamos que equivale ao benefício ambiental do projeto.

PORQUÊ apresentar isto nesta altura?
Continuo a ver posts com consideração de elevadas potências de instalação, para baixas faturas de eletricidade, ambição de elevada potência instalada e sem garantia de consumos das produções.

O meu projeto
Potência instalada: 1500Wp
Início do meu projeto: 6/2015
Valor do investimento: €1,5/Wp, sem mão-de-obra
% de autoconsumo realizada: variável, mas > 95%
Perspetiva de recuperação do investimento à partida: 7 anos
Recuperação efetiva do investimento: 6 anos

Nota de alívio
Os meus microinversores Involar, que me deixaram cheio de dúvidas à partida, já superaram a primeira prova de fogo, que era pagarem-se.


Um raciocínio muito simples e simplista para quem se quer iniciar
(por favor apontem erros ou alguma incoerência encontrada)

Instalar 1000Wp em Lisboa produz de 1500 a 1700 kWh/ano (estrutura livre – pavimento e fixa – sem seguidor), consoante tenha poucas ou nenhumas sombras.

Peguemos no valor intermédio (1600kWh/ano).
Consideremos que conseguimos consumir 90% (perspetiva excelente, otimista em muitos casos, que implica gente em casa a consumir ao longo de todo o dia, numa habitação padrão), logo 1440 kWh.

Consideremos que esses 1440 kWh, sendo consumo em horas de sol, representam 70% do nosso consumo de eletricidade, os restantes 30% serão em período noturno, de início e final de dia, sem produção solar, ou de picos de consumo acima da produção fotovoltaica durante as horas de sol. É também uma perspetiva otimista. A título de exemplo, o meu autoconsumo representa cerca de metade do meu consumo diário médio anual.
Então, se 1440 kWh representam 70%, 100% equivalem a 2057 kWh/ano.

CONCLUSÃO: Temos que ter um consumo anual de eletricidade de +- 2000 kWh/ano e consumir quase tudo durante o dia, para gastar a produção de 1000 Wp de painéis fotovoltaicos. Isto, numa análise simplista e bastante otimista.

Em quanto tempo se recuperaria este investimento?
Preço de kit de 1000Wp com instalação = +- €1200 (€1,2/Wp, incluindo instalação, medidor de energia simples; será superior em muitos casos)
1440 kWh/ano x 0,15€/kwh = €216
Retorno do Investimento em 1200/216 = 5,5 anos, 6 anos, sendo conservador

Na minha ótica, tudo o que implicar gastos muito superiores e começar a atirar o retorno para os 10 anos é arriscado.
Os painéis podem durar 2 a 3 décadas.
Os inversores de cadeia duram tipo 10 anos e são uma parte considerável do investimento, logo comprometem o retorno.
Os microinversores prometem garantias de 20 anos, mas ainda estamos para ver se lá chegarão.
Cumprimentos,
Quintas2


Freddy_krueger
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1604
Registado: terça nov 07, 2017 8:33 am
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por Freddy_krueger »

Nada como ouvir a voz da experiência e do saber. Obrigado pela partilha

Eu tenho 1500w instalados desde Março 2019 com um aproveitamento estimado (meu medidor owl intuition PV não me aprece muito fiável) de 94%....acredito numa realidade mais a rondar os 90% dando 10% à rede. Pelos meus calculos vou ficar no ROI em 7,5/8 anos. (tb tenho 3 micro inversores APSystems 500).

Já pensei pôr mais paineis pois meu consumo faz-se essencialmente de inverno (aquecimento)... mas depois desperdiçava grande parte na altura que paineis mais produzem (verão)....para já está em stand-by esse investimento.
"Freddy Krueger"
PV: 1500w Autoconsumo (3 microinversores APSystems YC500)
EV: Nissan Leaf 2018 40Kwh
A.C.:Bomba Calor Daikin 16kw + Ventiloconvectores


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 936
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por Quintas2 »

Eu passei exatamente pelo mesmo processo. Na altura, instalei o máximo que a MCP permitia.

Agora, os consumos já estão a descer. Só quando as baterias compensarem, talvez aumente a potência instalada.

Se tens 1500 e exportas 10%, um aumento de potência instalada é capaz de aumentar a exportação de forma superior à relação linear. A menos que consigas aproveitar bem para carregar EVs.
Cumprimentos,
Quintas2


Freddy_krueger
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1604
Registado: terça nov 07, 2017 8:33 am
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por Freddy_krueger »

Quintas2 Escreveu: terça abr 13, 2021 9:00 pm Se tens 1500 e exportas 10%, um aumento de potência instalada é capaz de aumentar a exportação de forma superior à relação linear. A menos que consigas aproveitar bem para carregar EVs.
Correto. Infelizmente só consigo carregar ao fdsemana.... iria aumentar em muito a doação à EDP.

Únicas formas de eventualmente mudar cenário:
- Vender o que estou a dar, mas o preço é irrisório (se bem que melhor pouco que nada);
- trocar 2º carro da família de ICE para BEV e aí conseguiria carregar diariamente 1 dos carros (usando o outro)... como faço +/-50kms dia.... era o ideal para usar totalidade de paineis...está em estudo mas mulher não gosta de veiculos mais acessíveis em 2ª mão que lhe propus (triplets mitsu/peugeot/citroen)...talvez consiga a convencer com outros carros que comecem a surgir (vw eup?)....
"Freddy Krueger"
PV: 1500w Autoconsumo (3 microinversores APSystems YC500)
EV: Nissan Leaf 2018 40Kwh
A.C.:Bomba Calor Daikin 16kw + Ventiloconvectores


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 936
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por Quintas2 »

Boa sorte. Há muitos anos tentei convencer a minha a comprar um GPL e.... nada. Já mudou de carro 3 ou 4 vezes desde então e tudo a gasolina. Neste momento já não faz muita diferença, pois já anda pouco.
Cumprimentos,
Quintas2


Freddy_krueger
Membro Gold
Membro Gold
Mensagens: 1604
Registado: terça nov 07, 2017 8:33 am
Estado: Desligado

Re: Autoconsumo (500Wp) e Água Quente Sanitária (1000Wp)

Mensagem por Freddy_krueger »

Quintas2 Escreveu: quarta abr 14, 2021 9:07 pm Boa sorte. Há muitos anos tentei convencer a minha a comprar um GPL e.... nada. Já mudou de carro 3 ou 4 vezes desde então e tudo a gasolina. Neste momento já não faz muita diferença, pois já anda pouco.
A minha mulher conduz o Leaf sem problema.... e também faz pouquissimos kms (5-10kms dia), os 2 bev tinham de "rodar" pelos dois para que cada um deles ficasse em casa dia sim dia não (para fazer os tais 5-10kms e carregar), enquanto o outro faz 50-60kms... acho que chateava-se mais era de andar sempre em carros diferentes :P
"Freddy Krueger"
PV: 1500w Autoconsumo (3 microinversores APSystems YC500)
EV: Nissan Leaf 2018 40Kwh
A.C.:Bomba Calor Daikin 16kw + Ventiloconvectores


Autor do tópico
Quintas2
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 936
Registado: terça mar 03, 2015 4:11 pm
Estado: Desligado

Re: Shelly 1PM para gerir resistência elétrica de termoacumulador

Mensagem por Quintas2 »

Com o Shelly já a funcionar, estou a testá-lo para gerir a resistência elétrica do termoacumulador, por forma a aproveitar toda a eletricidade produzida, aproveitando o netmetering quarto-horário.

Os tempos on/off da resistência dependem da potência fotovoltaica instalada, da potência da resistência elétrica e dos restantes consumos da casa.

Assim, para uma utilização num dia de céu limpo, considero a programação horária, do género:
Programação horária.png
Criei 3 cenários, para dias de céu com núvens:
Céu muito nublado, resistência On durante 5 min. em cada quarto de hora.
Céu parcialmente nublado, resistência On durante 7 min. em cada quarto de hora.
Céu pouco nublado, resistência On durante 10 min. em cada quarto de hora.
Para garantir que os cenários funcionam sincronizados com os períodos de 15min. do netmetering, tenho o relógio certo com o relógio do contador de eletricidade e cada cenário deve ser ativado ao início de um qualquer quarto de hora.

Cenário de resistência On durante 10 min. em cada quarto de hora:
10min On em cada 15min.png
Finalmente, para garantir que a resistência não fica ligada após as horas de sol, criei um quarto cenário, que a desliga todos os dias às 19h.
Off às 19h.jpg
Cumprimentos,
Quintas2

Responder

Voltar para “Projectos de Autoconsumo”