Construir um motor magnetico II

Energia Magnética / Perpétua



Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » sábado jan 25, 2014 11:03 pm

Criei um novo topico porque o antigo já ia pesado e estava já cheio de ruido. Peço que só participem neste capitulo foristas com verdadeiras duvidas sobre o que vou expor, eu irei devagar, mesmo muito devagar, em camera lenta, para fazer compreender alguns principios basicos que tornam possivel estes engenhos. Será facilmente replicavel por quem da arte...

Capitulo I

Questão essencial: será possivel executar trabalho usando unicamente imans permanentes?

Se, por intermedio da atracção ou repulsao magnetica, eu conseguir deslocar uma massa durante uma certa distancia, ou deslocar continuamente essa massa durante um enorme periodo de tempo, isso prova a extracção quantica de energia que um iman (valvula magnetica) é capaz de extrair dessa fonte desconhecida (ou energia do espaço-tempo). Pois é precisamente isso que vamos fazer!!!

Vamos então construir uma rampa magnetica de desengate gravitico. Uma rampa magneto-gravitica.

Questão: o que é uma rampa magneto-gravitica?

Uma rampa magneto-gravitica é um proof-of-concept patenteado que demonstra cientificamente o potencial energetico que existe nos imans permanentes.

A patente pertence a Emil Hartman US 4.215.330
http://www.freepatentsonline.com/4215330.pdf" onclick="window.open(this.href);return false;

Questão: existe algum outro tipo de aparelho similar à rampa?

Sim, outro engenho apropriado para demonstrar o pretendido seria conseguido por intermedio de um pendulo magneto-gravitico.

Questão: como funciona ou que principios estão presentes tanto na rampa magneto-gravitica como no pendulo magneto-gravitico?

Tanto na rampa como no pendulo são usados um conjunto de imans que formam um grupo de impulsão ao elemento metálico em causa (esfera metalica no caso da rampa e pendulo metalico/esfera no caso do pendulo), via atracção magnetica, mas antes que esse elemento chegue ao ponto de maior potencial magnetico e fique bloqueado nesse mesmo campo, o engenho faz actuar a gravidade (peso desse elemento) de modo que esse elemento metalico desengate do campo do grupo magnetico de impulsão (ou seja, queda gravitica) ficando novamente "livre" e completando desta forma um ciclo de força.

Deixo dois videos (ver até ao fim) da rampa que irei explicar em detalhe na proxima mensagem:


Link


Link

Deixo dois videos exemplo de pendulos magneto-graviticos, que não irei explicar pois usam o mesmo principio da rampa mas são engenhos bem mais complexos:


Link


Link

Nota final: a titulo de esclarecimento, é improprio chamar estas maquinas de movimento perpetuo, e porque? Todas as maquinas, pelo seu funcionamento apresentam desgaste mecanico, sejam nos rolamentos ou noutras peças, oxidação pela humidade, acumulação de poeiras, secagem de vedantes e lubrificantes, por isso como poderiam ser eternas? mas qual o interesse de serem eternas? mesmo que uma maquina gere electricidade continuamente durante 100 anos e abasteça uma geração humana não seria suficiente? se for, está garantido...uma maquina de 200 anos de funcionamento continuo é simples construir, só necessitando de uma pequena manutenção periodica.

Além disso qualquer maquina com uma eficiencia de 100% seria uma maquina de "movimento perpetuo". Pois no caso de motores magneticos temos nao só o movimento "perpetuo" garantido como um excedente consideravel de energia, a partir de 200%, 300%, 500%, 1000% e por ai acima... coisa sem qualquer tipo de interesse, certo?
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______



O_volt
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 3740
Registado: quarta mar 18, 2009 3:21 pm
Localização: Leiria, Associado n.º74
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por O_volt » domingo jan 26, 2014 12:59 pm

Apesar de não acrescentar nada, apenas quero contribuir com meu apoio e desejar boa sorte!
MP+AC
Nissan Leaf 24+30kw
Peugeot Ion
Vectrix Li+

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » domingo jan 26, 2014 2:19 pm

Obrigado, o_volt., bem sabes que sou uma pessoa e não um estupido troll anonimo na net, tu conheces-me. Tambem bem sabes que não preciso de sorte para por a funcionar estas coisas, é simplesmente fisica aplicada.

Ainda sobre maquinas magneto graviticas, vejam esta patente US 6.731.035 de Chung-Nan Mu

http://www.freepatentsonline.com/6731035.pdf" onclick="window.open(this.href);return false;

Relativamente às criticas de haver uma enorme quantidade de videos falsos na net é absolutamente verdade, para mais os videos estão incrivelmente bem feitos. Normalmente usam pilhas escondidas dentro do suporte de madeira, ou usam pilhas tipo botão de relogios, ou escondem bobinas e reles igualmente embutidos em suportes de madeira. Portanto as criticas sao legitimas.

Por exemplo este senhor (veproject1) merece muito credito, pois tenta replicar as primeiras tentativas de construção de maquinas de movimento perpetuo, que obviamente conteem a semente de certas maquina reais mas não podem funcionar como é proposto. Portanto este senhor, nao sei se por frustação, faz videos falsos com motores electricos camuflados e outras artimanhas para fazer funcionar rodas graviticas e outros falsos engenhos de movimento perpetuo, inclusive um relacionado diretamente com as nossas rampas magneto-graviticas. Vejam bem, parece mesmo real (a bobina electromagnetica esconde-se dentro do pedestal)...


Link

Porque é que uma rampa magnetica não pode ser construida assim? Porque se fosse usado um iman tão potente no topo, a gravidade (peso) não conseguiria fazer o desengate do campo magnetico.

Para entender melhor iremos fazer uma representação vetorial de forças envolvidas, e embora possamos usar qualquer combinação de dois polos magneticos, haverá sempre uma geometria mais favoravel, como na patente apresentada no inicio do topico (pares de imans, lateralmente mas acima do elemento - esfera metalica)... (continua mais tarde)
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » sexta jan 31, 2014 1:37 am

Imagem

Vamos entender (verdadeira visão) como funciona (de facto). A esfera metalica E aparece na fig 1, irá percorrer o caminho A, e será puchada por um par de imans permanentes I1 e I2, onde FM1 será o pucho magnetico do iman I1 e FM2 será o pucho magnetico de I2. Vectorialmente somados o pucho resultante será FMR, vector este que está alinhado com a direcção da trajectoria na calha da esfera E.

Imagem

Como vemos na representação da fig2, uma representação lateral do modelo, apesar da resultante do pucho magnetico ser FMR, a verdadeira força que faz subir a esfera é só o seu componhente FM (força motriz magnetica) que está em consonancia com a direcção do movimento, a outra componente está só a aligeirar cada vez mais o peso da esfera mas tal não é relevante para a dinamica em causa.

Imagem

Na fig 3 representa-se a força que quer que a esfera volte a descer a rampa pela gravidade, contrariando FM. Essa força será a FG, força gravitica, que é a resultante entre o peso da esfera e a reaçao ao solo. Aqui estou a ignorar as forças de atrito da esfera à rampa, mas tal força não é significativa e não influencia (significativamente) a dinamica do movimento em causa. Essa força de atrito (FA) somaria à força de gravidade FG, sendo essa força contraria (FC) à força magnetica motriz igual à soma de ambas as forças FC=FG+FA.
Ignorando o atrito, a força total resultante seria F=FM-FG.

Imagem

Na fig 4 vemos como a esfera metalica E progride pelo caminho A, "saltando" de par magnetico em par magnetico, acompanhando um aumento do potencial do campo magnetico. Existem varias estratégias para aumentar a intensidade do campo magnetico, seja pela aproximação de dois pares consecutivos, seja pela aproximação do dois imans de cada par, seja pelo uso de imans mais potentes consecutivamente, seja pela diagonalização de imans de intensidades diferentes ou mesmo pela deflecção dos campos dos imans terminais.

Imagem

Na fig 5 mostro como deve ser decomposta a força magnetica resultante do par de imans permanentes, F=FMR, na sua componente segundo a direcção do movimento, a força magnetica motriz FM, e a resultante segundo a ortogonal ao solo plano, independentemente da inclinação da rampa (alfa), a famosa força magnetica de colagem FMC, que em nenhuma circunstancia pode ser maior que o peso da esfera E. Aqui verificamos como é critico o compromisso que existem entre estas forças e o quanto afinado tem que ser o engenho.

Imagem

Na figura 6 definimos os componentes das forças que temos que trabalhar e fazer o setup apropriado, a força magnetica de tracção FM, a força que quer fazer a esfera rolar para baixo da rampa FG, e a força magnetica de colagem que tende a puchar a esfera para cima em direcção à escada magnetica de pares de imans.

Imagem

A figura 7 mostra o ponto onde a esfera tem que "sair" da rampa magnetica antes do ponto de colagem (sticky spot), onde a esfera E, por intermedio do seu peso P (gravidade), quebra a atracção do abraço final onde a esfera seria aprisionada pelo crescente campo magnetico dos pares. Quebrado o "feitiço", temos o "desingaging" ou descolagem, resta-nos agora uma maquina de movimento perpetuo, seja lá isso o que for. O peso P é superior à força magnetica de colagem, fazendo a esfera rolar para fora do potencial magnetico e colapsando igualmente a força magnetica motriz FMR. A rampa demonstra assim como podemos alternar entre o ganho de energia potencial gravitica e o seu consumo em movimento cinetico, mostrando a capacidade dos imans de canalizarem a energia do espaço e a produção de trabalho (potencia) tal como entendida pela ciencia. Quod Est Demonstratum. É tudo por agora....

Lanço também um desafio: se é possivel uma rampa magnetica e um pendulo magnetico, porque não será um carrousel magneto-gravitico ou roda gravitico-magnetica? Nunca vi nenhuma, mas tal nao significa que não exista ou nao seja construível...
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______


Roger a Jazz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 160
Registado: domingo set 25, 2011 10:41 pm
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Roger a Jazz » terça fev 04, 2014 11:08 pm

Muito bom Bluesky.

Então agora bastaria construir estas rampas em forma cicular, para que o movimento se tornasse num ciclo infinito!´
Pelo que vi no segundo vídeo, a Força Gravítica é superada na boa pela força magnetica!

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » quinta fev 06, 2014 5:38 am

Então agora bastaria construir estas rampas em forma circular, para que o movimento se tornasse num ciclo infinito!
Sim, Roger, exatamente. Podem construir o vosso proprio engenho perpetuo de facto. Mas não tem obrigatoriamente de ser circular mas sim fechado, por exemplo qualquer poligono regular pode servir de configuração a uma sequencia de rampas, começando pela mais simples: 3 rampas em forma de triangulo equilatero. Também poderia ser 4 rampas em forma de quadrado, ou 5 rampas em forma de pentagono etc. Quanto mais rampas mas baixa será cada uma delas, ou seja, menor é o "dente". :D
Pelo que vi no segundo vídeo, a Força Gravítica é superada na boa pela força magnetica!
Sim, enquanto a esfera está em cima da rampa com o tal declive alfa verifica-se tal permissa. Mas quando a esfera chega ao topo e faz atuar todo o seu peso na vertical irá cair, porque a força magnetica de colagem não é capaz de rete-la. Como pretendido. Apesar da força magnetica resultante ser sempre superior a qualquer outras forças presentes, para compreender o engenho deverão decompor essa força magnetica resultante em duas forças, uma na direcção e sentido do movimento da esfera (subida da rampa) e que está em acção até ao topo do rampa, a força magnetica motriz, e a sua componente na vertical (ortogonal ao solo plano), a força magnetica de colagem, com um sentido para cima em direcção à escada de imans logo contrario à força da gravidade (descendente), no entanto e durante a subida essa força magnetica de colagem nunca é superior ao peso da esfera embora vá sempre aumentando e no topo do rampa poder quase a igualar. Ao chegar ao topo a rampa termina e o peso da esfera vence a força magnetica de colagem e a esfera cai, colapsando a interacção magnetica entre a esfera e a escada de imans, logo colapsando a força magnetica resultante (obviamente). Mas nesse instante a esfera já ganhou o potencial gravitico que agora irá converter em energia cinética - movimento (ou outras formas, se pretendido). E assim sucessivamente, de rampa em rampa. Obrigado pelo interesse mais uma vez.

Bom, agora penso que o mais astuto já entendeu que acabou-se de extrair potencia real de um iman permanente e a caixa de pandora foi aberta. Muitos perguntariam, se tivessem coragem, se esta é a melhor maneira de extrair potencia dos imans (energia) e a resposta é simples: obviamente que não.

Na verdade este processo é muito ineficiente atendendo ao potencial oferecido... sim oferecido... pelos imans permanentes, pois eles são em si as ditas maquinas de movimento eterno, seja lá isso o que for. Thomas Bearden definiu com mais exactidão este conceito, ele afirmou que qualquer campo magnetico (potencial magnetico) no espaço, seja gerado por imans permanentes ou eletroimans (não faz diferença nenhuma), ou qualquer carga electrica (potencial electrico) no espaço, enquanto activos são extratores continuos da dita energia do espaço, seja lá isso o que for. O que a tecnologia actual faz é precisamente criar e destruir continuamente esses campos pensando que só assim é possivel extrair energia util (potencia), a um custo ambiental, social e economico bastante pesado. Pronto, é tudo, espero ter sido util para alguem pois melhor não consigo explicar. Espero igualmente que ande alguém por ai que saiba muito mais do que eu e que talvez um dia resolva chegar-se à frente com mais luz... obrigado a todos que acompanham este topico.
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » quinta fev 06, 2014 11:37 pm

Vou fazer uma pausa com algumas curiosidades sobre imans permanentes...


Link


Link


Link


Link
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______


Roger a Jazz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 160
Registado: domingo set 25, 2011 10:41 pm
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Roger a Jazz » terça fev 11, 2014 10:56 pm

Muito engraçadas estas brincadeiras. O segundo vídeo é mesmo muito interessante :) A contradição das forças situam uma certa distância quase na perfeição os imans!

Uma coisa me parece certa. O movimento para ser quase perpétuo, tem que ser numa forma circular para aumentar a perfeição, parece-me. Sobretudo se quisermos produzir trabalho para além de movimento.

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » quarta fev 12, 2014 12:46 am

Para os gregos os circulos eram a perfeição, pois atribuiam à geometria um significado especial. Bem, mas eles também pensavam que os numeros se reduziam aos racionais, ou seja, aqueles numeros que podemos escrever em forma de fração de inteiros. Bem, quando descobriram que o calculo das areas e dos perimetros os levava a um irracional constantemente, o irritante pi, o encanto da perfeição terminou.

Mas a magia da geometria continuou, mesmo nos tempos correntes, pois ajudam a executar raciocinios logicos. Podemos igualmente entender como flui a energia primária usando a geometria, imaginando um toroide e os seus vortices, ou como podemos olhar o infinito usando uma fita de Moebius.

No tempo de Newton as funções continuas permitiam chegar a um sem numero de soluções uteis no calculo e ganhou igualmente o estatuto de perfeição. Mas só hoje em dia é que podemos realmente contemplar a dita perfeição olhando o estranho mundo fractal, o cosmos, a geometria da natureza, onde nada é continuo ou uniforme, onde nada é o que parece ser e onde a imaginação não encontra limites obvios. No final encontrarás a perfeição no imperfeito, a aberto no fechado, o continuo na descontinuidade, o tempo no espaço e o espaço no tempo... nessa altura substituirás as certezas absolutas por uma vontade em aprender cada vez mais.
Sobretudo se quisermos produzir trabalho para além de movimento.
Nao necessita. A esfera tem um peso, logo uma massa, desloca-se de um ponto A (inicio da rampa), sob a rampa, cai da rampa e imobiliza-se num ponto B longe da rampa. Foi executado um deslocamento, igual à diferença entre A e B, logo um trabalho positivo foi executado. Fisica mecanica 101.
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______

Avatar do Utilizador

Emanuel Couto
Moderador
Moderador
Mensagens: 5588
Registado: domingo jul 22, 2012 7:54 pm
Localização: Açores
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Emanuel Couto » domingo fev 16, 2014 4:34 pm

Viva Bluesky!

Sem duvida é uma área fascinante!! Na qual tenho pena de não ter ido mais além... parabéns pelo trabalho....

Não querendo "sujar" o teu tópico, e apesar de ser (muito fraquinho) nesta area, deixo aqui uma das minhas primeiras experiências, que realizei há 10 anos, construir um (motor eletromagnético).
Anexos
Teste.jpg
Teste.jpg (135.62 KiB) Visto 6075 vezes
Imagem

Sistema Para Autoconsumo Off-Gride com (2185wp) http://www.novaenergia.net/forum/viewto ... 11&t=16450

Adoro Fotografia... http://olhares.sapo.pt/ecc/


Roger a Jazz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 160
Registado: domingo set 25, 2011 10:41 pm
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Roger a Jazz » domingo fev 16, 2014 10:54 pm

E qual foi a conclusão dessa experiência, Emanuel Couto?
Porquê o abandono do projeto?

Esse motor conseguiu produzir mais energia que a consumida?

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » segunda fev 17, 2014 12:43 am

Não Roger, o que o Emanuel fez é um simples motor classico alimentado por uma bateria, utilizando como estator um iman permanente de ferrite, como mostra a foto. Nada de revolucionario.
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______


Roger a Jazz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 160
Registado: domingo set 25, 2011 10:41 pm
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Roger a Jazz » quarta fev 19, 2014 1:57 pm

Também fiquei com essa ideia.

Muito bem. Avançando então com a matéria... :)


Roger a Jazz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 160
Registado: domingo set 25, 2011 10:41 pm
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Roger a Jazz » sexta fev 28, 2014 10:54 am

Mais desenrolar na matéria ;)

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » quinta mar 06, 2014 2:33 am

Roger, existe uma parte teorica, depois uma pratica. Está na hora da pratica, se perceberam, se teem interesse, a unica forma de agradecerem é replicarem o que estamos a explicar aqui e postarem no youtube. Isto é ciencia, isto pode ser feito em casa. Só depois podemos avançar, mas não antes de explorar todas as vertentes das rampas magneticas ou motores magneto-graviticos. A pressa é inimiga da perfeição, e é a perfeição o tema deste topico. Uma perfeição real, não ficticia. Por isso teem de testar por voces mesmos. Eu pessoalmente não me canso, estou a escolher esferas cada vez maiores para obter um efeito cada vez maior. Evidentemente os imans terão de ser igualmente mais fortes. Mas então teremos uma prova fisica maior e sentir muito mais energia em jogo.

Penso que tenho igualmente de revelar duas vertentes que podem não estar bem presentes nas vossas cabeças:

1. Sempre é possivel realizar um carrousel magnetico, ou seja, uma roda com braços onde se fixam esferas que sobem rampas magneticas. Irei realizar uma e explicar com detalhe. Basicamente as esferas terão de subir secções curvilineas de rampas magneticas, sendo essas esferas pressas a braços ligados a uma roda comum que gira. Os braços serão em numero par, assim como as secções curvilineas.

2. O jogo pode ser revertido, não precisamos de uma rampa construida por pares de imans e uma esfera em material paramagnetico, como o ferro. Podemos simplesmente ter uma esfera magnetica que é atraida por duas barras metalicas dispostas numa forma convergente, ou por duas barras paralelas que vão aumentando de espessura por sobreposição de mais segmentos de barra cada vez menores.

Até breve.

[Resumo] Familia 1: Motores magneto-graviticos / Categorias: rampas, pendulos circulares* , carrousseis.

*porque não pode haver reversão no sentido do movimento, estes motores previligiam unicamente um unico sentido de movimento.
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______

Avatar do Utilizador

Celestino
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 914
Registado: sábado jun 23, 2012 7:30 pm
Localização: Aveiro
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Celestino » quinta mar 06, 2014 7:27 am

Como é que se faz um íman?
=> Automóvel Eléctrico
=> Micro Produção Fotovoltaica
=> Painel Solar AQS
=> Aquecimento central a Pelets
______________________________________

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » sábado mar 08, 2014 2:31 am

Como é que se faz um íman?
Os imans ou imãs permanentes compra-los feitos, a menos que tenhas uma fabrica. Precisas é de muitos para construir aquilo que propus anteriormente...

Aqui encontras uma breve explicação de como se fazem os imãs... grosseiramente poderiamos dizer que basta colocar um material ferromagnetico que disponha de uma capacidade de memória a um campo magnetico forte, por exemplo de um electroimã.

http://ciencia.hsw.uol.com.br/imas2.htm
Para fabricar um ímã, tudo o que você tem a fazer é apoiar os domínios do ímã em um pedaço de metal para que apontem na mesma direção. É o que acontece quando você esfrega uma agulha com um ímã, ou seja, a exposição ao campo magnético faz que os domínios se alinhem. Outras formas de alinhar os domínios magnéticos em um pedaço de metal incluem:

- colocá-lo em um campo magnético forte em uma direção norte-sul
-segurá-lo em uma direção norte-sul e bater com um martelo várias vezes, sacudindo fisicamente os domínios em um alinhamento fraco
-passar uma corrente elétrica por meio dele

Dois desses métodos estão entre as teorias científicas sobre como a pedra-ímã se forma na natureza. Alguns cientistas especulam que a magnetita se transforma em ímã quando é atingida por um relâmpago. Outros afirmam que pedaços de magnetita se transformaram em ímãs quando a Terra foi formada pela primeira vez. Os domínios se alinharam com o campo magnético da Terra enquanto o óxido de ferro era fundido e estava flexível.

Hoje, o método mais comum de construir ímãs envolve a colocação de metal em um campo magnético. O campo exerce um torque no material, fazendo que os domínios se alinhem. Há um pequeno retardo, chamado histerese, entre a aplicação do campo e a mudança nos domínios, ou seja, leva alguns segundos para que os domínios comecem a se movimentar. O que acontece é o seguinte:

-os domínios magnéticos giram, permitindo que se enfileirem ao longo das linhas norte-sul do campo magnético;
-os domínios que já estão voltados para a direção norte-sul se tornam maiores, já que os domínios a sua volta diminuem;
-as paredes de domínios, ou as bordas entre os domínios vizinhos, se deslocam fisicamente para acomodar o crescimento do domínio. Em um campo muito forte, algumas paredes desaparecem totalmente.

A força resultante do ímã depende da quantidade de força usada para deslocar os domínios. Sua permanência ou retentividade depende de quão difícil foi fazer com que os domínios se alinhassem. Em geral, os materiais que são difíceis de magnetizar retêm seu magnetismo por períodos mais extensos, ao passo que os materiais que são fáceis de magnetizar com freqüência voltam para seu estado não magnético original.

Você pode reduzir a força de um ímã ou desmagnetizá-la totalmente expondo-a a um campo magnético que esteja alinhado na direção oposta. Também é possível desmagnetizar um material aquecendo-o acima de seu ponto de Curie ou da temperatura na qual ele perde seu magnetismo. O calor distorce o material e excita as partículas magnéticas, fazendo que os domínios saiam do alinhamento.
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______


Roger a Jazz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 160
Registado: domingo set 25, 2011 10:41 pm
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Roger a Jazz » quarta mar 19, 2014 11:25 pm

E as esferas onde podem ser adquiridas?

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Bluesky
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 4184
Registado: domingo set 30, 2007 11:33 pm
Localização: Socio Nº 54
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Bluesky » quinta abr 03, 2014 3:28 am

E as esferas onde podem ser adquiridas?
Esferas de rolamentos, existem em casa de rolamentos. Varios tamanhos disponiveis.
_______ .oO Impossivel é um conceito /& / não uma realidade Oo. _______


Roger a Jazz
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 160
Registado: domingo set 25, 2011 10:41 pm
Estado: Desligado

Re: Construir um motor magnetico II

Mensagem por Roger a Jazz » quarta nov 19, 2014 6:34 pm

Penso que o mumetal tem uma grande importância na construção destes motores.

Responder

Voltar para “Energia Magnética / Perpétua”