sebo de boi no clima frio

Experiências e Protocolos Com Óleo de Origem Animal



Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Tiane
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 103
Registado: quarta jun 20, 2007 1:59 am
Estado: Desligado

sebo de boi no clima frio

Mensagem por Tiane » quinta jun 21, 2007 11:42 pm

o biodisel de sebo bonivo esta voltando a solidificar com o clima frio! alguem sabe o q esta acontecendo? e como posso contornar esta situação?


Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Mensagem por Luciano Kaefer » sexta jun 22, 2007 1:44 am

nos batchs que tenho feito com gordura animal a partir de banha de porco, tenho notado qe existe uma tendencia a modificação da cor por efeito do clima.
deixei um bd cristalino, feito com banha de porco, exposto ao tempo. no dia seguinte, estava completamente turvo, entretanto, depois de algum tempo sob o sol, ele voltava a ficar sob a cor cristalina.
ainda não testei, mas acredito que o sebo bovino exige uma quantidade maior de metanol, algo em torno de 25%.
na reação, o bd utiliza aenas 13%, o excedente irá parar na glicerina.
explique detalhadamente como vc fez o eu processo, para que possamos entender melhor...
saudações
luciano
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Mensagem por RED BARON » sexta jun 22, 2007 1:16 pm

boas

no processo do biodiesel da maneira como todos nós o fazemos,(transesterificação com base forte a 55 graus e à pressão ambiente) é dificil conseguir conversões superiores a 95% sobretudo se não se fizer uma segunda conversão.

até aqui não há grande problema porque os outros 5% são oleo e queimam bem no motor ( há quem use percentagens bem mais elevadas junto com petrodiesel e sem modificações nos veiculos).

quando se trata de bio a partir de gordura animal o caso toma outra figura já que temos ( quando tudo corre bem) cerca dce 5% de banha ou sebo misturado no nosso biodiesel.

quem usar só 13% de metanol para fazer a transesterificação não de admire que tenha 90% de bio e 10% de gordura animal com a consequente turvação devido à soldificação da dita gordura.

este fenómeno é bem conhecido no gasoleo com indices elevados de parafinas quando é usado em climas frios.

para resolver este problema sugiro uma conversão o mais elevada possivel mesmo com recurso ao método de duas fases

http://journeytoforever.org/biodiesel_aleks.html

e se possivel tambem usar uma percentagen de oleo vegetal misturado com a gordura que vai ser transesterificada.

Avatar do Utilizador

Fry
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 2382
Registado: segunda mar 27, 2006 12:03 pm
Localização: Algures por aí...
Estado: Desligado

Re: sebo de boi no clima frio

Mensagem por Fry » sexta jun 22, 2007 6:26 pm

tiane Escreveu:o biodisel de sebo bonivo esta voltando a solidificar com o clima frio! alguem sabe o q esta acontecendo? e como posso contornar esta situação?
conta aí como fizeste para te darmos algumas dicas.
Range Rover OVU30
Toyota Starvan C/KIT 2T OVU97
Sócio Nº 4

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Tiane
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 103
Registado: quarta jun 20, 2007 1:59 am
Estado: Desligado

Mensagem por Tiane » sexta jun 22, 2007 11:09 pm

boa noite
estava a pouco lendo como se faz db em duas etapas, não a conhecia, amanha vou começar a realizar este método e descreverei a diferença entre os dois, o convencional e o método de duas etapas. grata por me mostrar o sati.
hoje fiz testes em pequenas escalas, um dos testes realizei com banha de porco, p poder comparar os resultados ao do luciano.
tecnica:
250g de banha de porco
50g de metanol
0,5g de metanol
preparei a mistura metanol + naoh, esperei a completa solubilização do naoh, aqueci esta para que não houvesse choque térmico entre a gordura animal e o solução preparada. realizada a mistura, a temperatura constante de 45°c, parei de misturá-la qd percebi q a solução não tinha mais cheiro de álcool, e estava com uma cor alterada, caracterisca de q a reação de transesterificaçao tinha acontecido. aqueci a 120°c p a decantação do álcool e da água. e esperei p separar as fazes.
resultados:
logo começou a se perceber a separação da glicerina e do bd. com um finul de separação tirei a glicerina. antes de começar a relatar, aqui, fui la ver como estava, , tinha uma camada branca opaca, no fundo, tenho por mim q é banha q não foi transformada em bd. conferindo com a resposta do red baron, [quando se trata de bio a partir de gordura animal o caso toma outra figura já que temos ( quando tudo corre bem) cerca dce 5% de banha ou sebo misturado no nosso biodiesel]. acredito a minha solução tenha dado uns 15% de banha, mas amanha vou faze-la em duas etapas.
mas já fiquei feliz, o banha não enducereceu, como sempre acontecia com o sebo.
obs: usei uma pequena quantidade de catalizador, lembrando q a banha de porco nunca foi usada e por isso possui pouco ffa.
obrigada

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Tiane
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 103
Registado: quarta jun 20, 2007 1:59 am
Estado: Desligado

Mensagem por Tiane » sexta jun 22, 2007 11:58 pm

meus testes com sebo bovino
queria muito resolver este impasse, o sebo de boi e matéria prima q tenho disponível p fazer o bd.
obs: não encontrei muita dificuldade p realizar o bd com gosduras usadas.
fiz vários testes com o sebo, todos eles foram inviáveis, uns ouve a separação da glicerina, visualizei as duas fazes bem distintas, mas logo voltam a endurecer, hoje fiz três testes, não sei bem as características do sabão, mas acredito ter feito sabão, o cheiro é semelhante do sabão. alguém pode me ajudar?
estou pensando em usar koh, uma vez conversei com um consultor e ele me disse q dependia da acidez da matéria prima usada, p distinguir qual catalisador usar, naoh ou koh.
li uma reportagem que os países de primeiro mundo (frios) não aceitam para a exportação mais que 30% de bd de gordura animal, acredito q seja por este motivo, a solidifiques do db, o mesmo q esta acontecendo comigo, volta a se tornar gordura.

onde será q estou errando? alguém sabe se realmente volta a se solidificar? ou é um erro na técnica? ( tecnica: a mesma descrita acima)
há e quando misturado este com o diesel, forma uma solução heterogenia. ajuda?
obrigada, vou esperar atenciosamente a resposta.

Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Mensagem por Luciano Kaefer » sábado jun 23, 2007 12:56 am

tiane:
fique atenta ás quantidades que vc utiliza no teste. fazer um teste com 250 ml de banha de porco ou qualquer outro óleo, é muito difícil. o barbas já cansou de explicar isso.
o problema maior está nas proporções. quando vc utiliza 250ml de oleo, vai ter que usar 0,5g de naoh. mesmo que a sua balança seja boa, acho muito dificil vc chegar a resultados confiáveis. se vc errar e colocar 0,7g, já estará cometendo um erro de 45% á mais de naoh!!
procure fazer testes com no minimo 1 litro. se puderes fazer 2 litros, melhor ainda.
pois pesar 8 g é muito mais fácil do que 0,5g...
dê uma olhada no meu relato que fiz agora a pouco sobre o sebo bovino.
embora a glicerina tenha saído absolutamente branca, o liquido que está em cima ( o bd ), possui uma boa aparencia inicial.
amanhã vou lavar e secar.
nunca abra mão da lavagem. é consenso. e quando existe consenso, não há porque inventar a roda novamente.
tente refazer seus testes com quantidades maiores e depois relate os resultados.
acho que seu erro está aí.
por aqui os tratores estão funcionando com b50, sem nenhuma queda de performance.
depois de lavar e secar, vou fazer os 3 testes possíveis para passar no controle de qualidade:
1) inexistencia de cheiro de alcool;
2) tranlucidez;
3) separação total de 50% de água, após breve agitação, sem a existencia de emulsões.

passando nos testes, vai pro trator.

saudações

luciano
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.

Avatar do Utilizador

Luciano Kaefer
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 5621
Registado: sexta abr 13, 2007 4:02 pm
Estado: Desligado

Mensagem por Luciano Kaefer » sábado jun 23, 2007 10:59 am

tiane:
lendo com mais atenção seu relato, percebi que depois da reação, vc elevou a temperatura a 120 graus para evaporar o metanol e a água.
o metanol excedente vc o reterá na glicerina e a agua não deveria existir ( exceto se vc adicionou 5% de agua no final ).
creio que esta etapa de elevação de temperatura seja desnecessária no processo.
tenha certeza que o oleo que vc vai processar está isento de agua ( aquecendo antes da reação, até parar as "bolhas" de agua ).
se vc for processar oleo com agua, está oferecendo para o reator a formula do sabão ( agua+oleo+catalisador), logo, o resultado será um lindo sabão
no site que o red baron informou, tem a dica do processo em 2 fases.
vou testar, pois os primeiros resultados do meu sebo não foram animadores. vou relatar lá no topico o que ocorreu.
saudações
luciano
O Conhecimento, quando Compartilhado, se Multiplica.

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Mensagem por RED BARON » sábado jun 23, 2007 4:37 pm

tiane Escreveu: estou pensando em usar koh, uma vez conversei com um consultor e ele me disse q dependia da acidez da matéria prima usada, p distinguir qual catalisador usar, naoh ou koh.
boas tiane.
usares naoh ou koh é absolutamente a mesma coisa só tens que usar quantidades diferentes para obteres o mesmo resultado porque o mesmo numero de moleculas de cada um dos compostos tem pesos diferentes.
na práctica ajusta-se a quantidade de base a usar em função do seu peso molecular. portanto não vamos escolher o sodio ou o potassio conforme a acidez do oleo.

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Tiane
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 103
Registado: quarta jun 20, 2007 1:59 am
Estado: Desligado

Mensagem por Tiane » domingo jun 24, 2007 10:30 pm

boa noite
fiz o bd em duas etapas com sebo de boi, na primeira vez ele se separou bem, a glecerina em cor escura, e a soluçao acima tornouse a se solidificar, entao a esquentei, e misturei novamente com mais metanol e naoh, e tornou-se algo gelatinoso, isso é sabão. a cor é a mesma do bd.
agora vou começar a mudar a rotação do motor, andei pensando talvez seja isso...??
obrigada

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Mensagem por RED BARON » segunda jun 25, 2007 12:21 am

tiane Escreveu:boa noite
fiz o bd em duas etapas com sebo de boi, na primeira vez ele se separou bem, a glecerina em cor escura, e a soluçao acima tornouse a se solidificar, entao a esquentei, e misturei novamente com mais metanol e naoh, e tornou-se algo gelatinoso, isso é sabão. a cor é a mesma do bd.
agora vou começar a mudar a rotação do motor, andei pensando talvez seja isso...??
obrigada
boas tiane.
no processo com duas etapas a glicerina na segunda etapa sai sempre tipo gelatina e em menor quantidade e é até mais dificil de separar, para ajudar e muito na separação depois da segunda etapa terminar acrescenta 5% de vinagre para cortar a acção emulsionante da soda caustica e 5 a 10% de agua ( banho de paragem acido) agita mais um bocado e deixa separar de preferencia mantendo morno para ajudar a separação.

por isso penso que aquilo a que chamas sabão deve ser a glicerina.

como ainda não fiz bio a partir de sebo estou a verificar que o teu trabalho e o do luciano me levam a uma conclusão: o sebo é mais dificil de transesterificar.

continua com as pesquisas que a coisa está-se a compor.

dificil mesmo vai ser trasesterificar sebo com etanol. já estou a investigar um processo de remover a agua do etanol e prometo resultados praticos muito em breve.

um abraço.
red baron.

Avatar do Utilizador

loganx
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 26
Registado: terça mar 07, 2006 11:04 pm
Estado: Desligado

Mensagem por loganx » segunda jun 25, 2007 10:48 am

após ler estes tópicos todos verifiquei que ninguém tocou na questão fundamental, que influencia todo processo:

qual é o teor de ffa do cebo de boi?

o primeiro passo a fazer quando estamos a lidar com gorduras de origem animal é verificar o índice de acidez, pois os ácidos gordos livres nestas gorduras aumentam proporcionalmente ao tempo que decorre desde a sua retirada da gordura do animal.

uma quantidade elevada de ffa significa uma quantidade extra de catalizador e a formação de grandes quantidade de sabão que inviabilização a reacção de transesterificação.

a solução é converter os ácidos carboxilicos ( os nossos ácidos gordos) a esteres, a chamada reacção de esterificação.


por isso informem do índice de acidez da gordura em questão.


abraço

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Tiane
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 103
Registado: quarta jun 20, 2007 1:59 am
Estado: Desligado

Mensagem por Tiane » segunda jun 25, 2007 5:31 pm

oi
realizei os teste de acidez do oleo, como esta descrito aqui no forum, a acidez me parece boa, pois nunca usei mais de q 1ml, p deixar na soluçao de fenolfetaleina rosa.

bjos

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Tiane
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 103
Registado: quarta jun 20, 2007 1:59 am
Estado: Desligado

Mensagem por Tiane » segunda jun 25, 2007 5:45 pm

fiz mais alguns testes com o sebo de boi.

deixo separar os esteres da glicerina em banho maria (a quente) para que nao se solidifique antes da separação das fazes. retirada a glicerina e após 12h,
esta tudo la onde realizo os testes virado em gordura (solido)

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Mensagem por RED BARON » segunda jun 25, 2007 5:53 pm

boas tiane.
lendo o teu post anterior parece-me que não houve grande percentagem de conversão será isso?
neste caso podes dizer qunanta glicerina separaste (descontando a agua de paragem).
um bom indicador da % de conversão é a qunatidade de glicerina que se separou.

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Mensagem por RED BARON » segunda jun 25, 2007 7:07 pm

parece que a utilização de sebo para biodiesel está um pouco comprometido, vejam o que descobri na net.


http://www.greenshop.co.uk/news/biodiesel%20faqs.pdf


"can biodiesel be made from animal fats, such as tallow?
tallow can be used but makes poor biodiesel and is more expensive, as it needs much more
processing. tallow is inappropriate for most diesel vehicles due to its chemical properties,
such as an unacceptably high iodine number."

tradução:

pode-se fazer biodiesel a partir de gorduras animais tal como sebo?

o sebo pode ser usado mas faz um bio de qualidade pobre e fica mais caro porque necessita de ser mais processado (baixo indice de conversão)
o sebo não é apropriado para a maioria dos veiculos a diesel devido ao seu alto ter de iodo.

agora acrescento eu que a presença de iodo no bio é altamente corrosivo para injectores e camara de combustão, devido à formação de iodetos com o metal.

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Tiane
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 103
Registado: quarta jun 20, 2007 1:59 am
Estado: Desligado

Mensagem por Tiane » segunda jun 25, 2007 11:32 pm

obrigada, já li o sati!

havia visto algo, q bd de sebo bovino não é muito aconselhável. ele tem qualidade inferior, mas devo misturá-lo ao diesel

aqui no brasil, tem varias usinas de grande porte sendo instaladas unicamente p fazer db de gordura animal, mas o q me chama atenção, é q todas elas se localizam no norte do brasil, onde o clima é quente, mas tbm a incentivos ficais p produtores de bd do norte do pais.

pela sua experiência será q consigo reverter esta situação? fazer o bd?
de q modo deveria processar p fazer bd de gordura animal?

onde eu moro hoje fazem 7°c

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Tiane
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 103
Registado: quarta jun 20, 2007 1:59 am
Estado: Desligado

Mensagem por Tiane » terça jun 26, 2007 1:40 am

mas estou achando q isso nao tem nada a ver da temperatura, sei q o sebo torna-se gordura a 40°c ou seja no veram assim seria tbm

bjos

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Tiane
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 103
Registado: quarta jun 20, 2007 1:59 am
Estado: Desligado

Mensagem por Tiane » terça jun 26, 2007 3:41 am

nunca medi mas me parece alta a porcentagem de converção em torno de 18%, fica na mesma medida do q os oleos caseiros q ja realizei os testes de bd.

abraços

Avatar do Utilizador

RED BARON
Staff Member
Staff Member
Mensagens: 1472
Registado: domingo mar 11, 2007 11:16 pm
Estado: Desligado

Mensagem por RED BARON » terça jun 26, 2007 9:10 am

tiane Escreveu:obrigada, já li o sati!



pela sua experiência será q consigo reverter esta situação? fazer o bd?
de q modo deveria processar p fazer bd de gordura animal?

onde eu moro hoje fazem 7°c
boas tiane.

podes especificar melhor qual a situação que pretendes reverter?

será aumentar a % de conversão.

digo-te tambem que 18% de conversão não é aceitavel mesmo para oleo vegetal, então quando os restantes 82% são gordura é inadmisivel meter isso num motor.

penso tambem que se a conversão fosse só de 18%, a 15 graus c todo o banho ficaria "em pedra".

para aumentar a eficiencia da conversão:
1-aquecer previamente a gordura até 140 º c durante 1 hora no minimo em recipiente aberto para libertar toda a agua.

2-usar metanol da melhor qualidade min 99%.

3- elevar a % de metanol até 25%.

4-utilizar um reactor fechado com refluxagem de vapores (o vapor que sai do reactor é condensado e cai para dentro do procesador.

5-agitar o banho com bomba de recirculação.( a alta velocidade da turbina aumenta a rapidez da reacção 2000 a 3000 rpm comparado com 200 a 400 rpm de um agitar mecanico).

utilizar um reactor bem isolado termicamente para no fim da reaccção elevar a temperatura até cerca de 180ºc. o reactor deve estar equipado com conensador para recuperar o metanol.

depois desligar o reactor e deixar arrefecer até 80ºc.

juntar 5% de agua e ligar a recirculação durante meia hora.

deslisgar e deixar separar a glicerina.

Responder

Voltar para “Experiências e Protocolos Com Óleo de Origem Animal”