duvida sobre um regulador???

Local para se discutir assuntos relacionados com a energia Solar Fotovoltaica




truka
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 83
Registado: terça jun 12, 2007 10:06 pm
Localização: Palmela
Estado: Desligado

Mensagem por truka » terça out 23, 2007 2:43 pm

amigo ztxnew:
sem acumulador (baterias),não será possivel utilisares os ditos painéis dessa maneira.(a não ser que tenha surjido nova tecnolgia).
não sei o que pretendes alimentar com os paineis mas se vires o consumo dos electrodomésticos que tensem casa,verás que não dará para muito a não ser, iluminação que faz falta quando não há sol,radios ,carregadores de telemoveis ou pilhas etc.
caso queiras seguir essa ideia:podes ligar os paineis directamente a um inversor (dc/ac)com regulador de carga incorporado, que funcinará tipo ups.mas terás que ter o inversor alimentado por baterias.assim quando desligares ou faltar a energia da edp,o inversor faz a transferencia automaticamente.

saude e um abraço,
truka.
Sempre a aprender.



ztxnew
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 143
Registado: segunda set 24, 2007 9:59 am
Localização: Alverca/Braga
Estado: Desligado

Mensagem por ztxnew » terça out 23, 2007 4:51 pm

obrigado,
já estou a ver que sem venda á edp é difícil. até porque a ter um sistema destes montado e como a corrente alterna "não tem sentido", correria o risco de estar a alimentar a rede em casos de corte da edp.
suponho que estou certo nesta afirmação.

entretanto expus esta ideia a duas empresas do ramo e aguardo noticias.
logo que as tenha prometo partilhar.

um abraço,
Do deserto...nada.

José Teixeira


lhorca
Membro
Membro
Mensagens: 11
Registado: quinta jul 19, 2007 12:05 am
Estado: Desligado

resp.

Mensagem por lhorca » quarta out 24, 2007 11:15 pm

boas.. um regulador de 8 amp. dá perfeitamente

pedro


ztxnew
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 143
Registado: segunda set 24, 2007 9:59 am
Localização: Alverca/Braga
Estado: Desligado

Mensagem por ztxnew » quinta out 25, 2007 9:32 am

é facto truka.

recebi duas respostas sobre o mesmo pedido. um sistema em que pudesse ser ligado em fase com a edp e permitisse o consumo da micro-produção durante o dia e a entrada da corrente da edp durante a noite.
engraçado que as duas resposta são completamente diferentes.
-------------------------------------------------------------------------------------
uma diz que a minha ideia faz todo o sentido e passo a citar.
"...exmo. sr. josé teixeira,
tudo aquilo que refere no seu e-mail faz todo o sentido.
a energia fotovoltaica é a energia renovável mais versátil e a qual permite ir fazendo sucessivos up-grades ao sistema sem ter de ir alterando os equipamentos anteriores.
para a ordem de grandeza da potência que sugere, a ***** tem uma
solução já preparada que é o ******** que poderá consultar
em...
este sistema permite-lhe minimizar os consumos durante o dia e não
necessite nem de licenciamento, nem de vistoria por parte das entidades
competentes, pois como tem uma potência inferior a 1 kw está ao abrigo do dl 101/2007 de 2 de abril.

uma vez que esta sugestão se encontra actualmente em campanha
promocional, a instalação desta nossa solução é gratuita.
junto envio a nossa proposta para que possa analisar.

ficarei a aguardar uma resposta da sua parte, e caso necessite de mais
algum esclarecimento, por favor, não hesite em contactar-me para....."

esta solução custa na casa dos 5.000 €, para uma produção em pico de 500w. o excesso que produção em horas mortas será entregue á edp sem qualquer beneficio, já que o sistema não estaria licenciado.
também coloquei a duvida sobre a possibilidade de retorno, em caso de corte da edp, ou seja se o meu sistema não iria colocar tensão na rede. a resposta foi a seguinte:
"...uma vez a linha eléctrica em manutenção, o inversor deixa de sentir a tensão da rede, e ele pára automaticamente, pois ele só consegue funcionar em fase com a mesma.
assim, é garantida a segurança dos técnicos responsáveis pela manutenção das redes."

fazendo as contas. (500€x8h(média)x313 diasx0,11€/kwh)+(500€x8h(média)x52 diasx0,06€/kwh)=150€/ano de poupança.
o custo do sistema seria amortizado em 33 anos, na teoria, porque na prática nunca seria amortizado, dado que o valor dos juros que incidiriam sobre os 5000€. também os 33 anos estão fora da capacidade de duração do sistema. logo, nada feito.
------------------------------------------------------------------------------------

a outra das respostas diz exactamente o contrário:
"...pela descrição que fez percebo que pretende instalar um sistema solar que produza energia para a instalação eléctrica de sua casa mas sem fornecer à rede. infelizmente tal solução não é possível nem autorizada pela edp uma vez que o sistema solar irá fornecer energia à rede eléctrica sempre que o consumo interno o permita. por outro lado, sempre que a edp pretender desligar o pt (posto de transformação) para fazer as suas reparações/manutenções, o seu sistema continua a produzir electricidade pondo em risco a segurança do pessoal de manutenção.

pode contudo criar uma rede ac interna completamente desligada da rede eléctrica da casa, mas aí terá de seleccionar os equipamentos que ficarão sob essa rede de modo a balanciar a produção com o consumo. nesse caso poderá instalar 2 painéis de 150w (como referiu) com custo unitário de 1050eur+12%iva.

no entanto, a solução que aconselhamos será o licenciamento da sua instalação fotovoltaica com consequente venda da produção à edp. o preço da instalação mínima de 1kwp tem um custo de cerca de 7000 euros fazendo o retorno do investimento em menos de 5 anos.

estamos ao seu dispor para voltarmos a falar nas possíveis soluções..."

esta nem me vou incomodar a fazer as contas. é ridículo!
como é possível que um sistema com a a produção de 1 kw/h em pico, mesmo a vender 50% á edp e a 0,30€ possa gerar 1400 € de retorno ano, sem contar com juros.
posso estar a ver mal, mas estes senhores têm-nos em muito má conta, pelo menos em termos matemáticos.


se alguém quiser comentar, agradeço, mas estas ofertas tiram a vontade a qualquer um.
só mesmo por carolice.
um abraço,
Do deserto...nada.

José Teixeira

Avatar do Utilizador

orbis
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 2872
Registado: quarta ago 02, 2006 11:10 pm
Localização: Baixo Mondego
Estado: Desligado

Mensagem por orbis » quinta out 25, 2007 12:07 pm

acho que a verdade estará algures entre as duas.
obviamente que não acredito que o sistema não tenha de estar licenciado; também não acredito que o sistema não tenha mecanismos de segurança para impedir a injecção de electricidade na rede da edp em caso de corte.
ainda estamos no início deste processo, pelo que é natural que ainda não haja muito know-how neste sector, nomeadamente quanto ao tipo de equipamentos e suas características.


truka
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 83
Registado: terça jun 12, 2007 10:06 pm
Localização: Palmela
Estado: Desligado

Mensagem por truka » quinta out 25, 2007 2:34 pm

ora viva,amigos:
quando disse que para vender energia fotovoltaica á edp era necessario investir milhões de euros não estava a inventar.
tenho conhecimento,que para vender energia á edp ,esta terá que ser transformada em alta tensão (dezenas ou centenas de volts ,ao certo não sei bem),e claro que a intalação terá que ser creditada.
sem duvida que a energia éolica é muito mais rentável(por enquanto).
cada caso é um caso.eu só posso obter energia do sol,pois tenho um poste de alta tensão por cima da minha habitação.a vida é cruel...)

um abraço,
truka.
Sempre a aprender.

Avatar do Utilizador

orbis
Membro Platinium
Membro Platinium
Mensagens: 2872
Registado: quarta ago 02, 2006 11:10 pm
Localização: Baixo Mondego
Estado: Desligado

Mensagem por orbis » quinta out 25, 2007 2:36 pm

estás enganado. os pequenos produtores (até 5kw) podem produzir a 220/240v e injectar directamente na rede local. chama-se a isso, microgeração.


ztxnew
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 143
Registado: segunda set 24, 2007 9:59 am
Localização: Alverca/Braga
Estado: Desligado

Mensagem por ztxnew » quinta out 25, 2007 3:05 pm

é de facto orbis. e ao que os instaladores indicam não é difícil o licenciamento.
o problema é que não há retorno do investimento. enquanto que nas aqs se vê o retorno em 7 a 12 anos, dependentemente da família em causa e dos seus hábitos de consumo, na fotovoltaica é um disparate o preço praticado nos respectivos painéis.

será que com a nova fábrica em construção em portugal teremos alguma hipótese de comprar mais barato. os preços andam a cerca de 6000€/kw de produção. isto só para os painéis. depois falta a electrónica.
se esta malta se dedica a vender só isto, devem passar dificuldades!

vou esperar por dias melhores para entrar nisto.
um abraço,
Do deserto...nada.

José Teixeira


sat11630
Membro
Membro
Mensagens: 10
Registado: sábado out 27, 2007 11:48 pm
Estado: Desligado

Mensagem por sat11630 » domingo out 28, 2007 12:06 am

olá,
a questão eterna é o preço dos paineis fotovoltaicos, o ztxnew tem razão quanto ao preço. fica cerca de 5€/w + iva. eu trabalho na área e sei do que falo. no que toca à microgeração com autoconsumo (<5kw) o investimento ronda os 30.000€ e é amortizavel em cerca de 11 a 13 anos. no que toca simplesmente ao microgeração para exclusivamente venda à rede o investimento é relativamente o mesmo mas aí a rentabilização baixa para cerca de 7 a 9 anos, porquê? porque não existe obrigatoriedade de consumo de 50% da produzida.

quanto à questão inicial deste tópico, a conta do regulador será 100w/12v = 8,33a ou seja, dependendo da tensão de pico do painel quase de certeza que o regulador de 8a chega. não consegui perceber se os equipamento discriminados seriam para ligar em dc ou ac?

caso sejam em dc poderás ligar na saída do regulador aparelhos até 100w e assim ele fará tb a regulação da descarga, isto é, não deixará descarregar demasiado a bateria. caso queiras alimentar em dc aparelhos com potência superior não aconselho a ligar no regulador, aconselho-te ligar directamente na bateria, neste caso há que haver cuidado para não sofrer grandes descargas e danificar a bateria.

no caso do consumo ser ac necessitas além do regulador de um inversor com a pôtência suficiente para colocar todos os aparelhos em simultâneo ligados, caso seja esse o caso. existem inversores com regulação incorporada nomeadamente os steca aj-xxxs, mas com o preço do s podes comprar o regulador à parte que ficas melhor servido.

espero que tivesses ficado esclarecido!

cumprimentos

sat11630


truka
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 83
Registado: terça jun 12, 2007 10:06 pm
Localização: Palmela
Estado: Desligado

Mensagem por truka » domingo out 28, 2007 4:12 pm

ora viva,
nestas coisas que aqui se falam,a teoria é um pouco diferente da prática:

p=u*i
100w=12v*i
i=100/12
i=8.33
então para um painel de 100w max.,necessitamos de um regulador de carga max.de 8,33amp.
e agora?
isto vende-se?
se quiser aumentar o numero de paineis,o que é que faço ao regulador?
os reguladores funcionam todos da mesma maneira?
á pois é...

saude.
truka.


sat11630
Membro
Membro
Mensagens: 10
Registado: sábado out 27, 2007 11:48 pm
Estado: Desligado

Mensagem por sat11630 » domingo out 28, 2007 4:42 pm

ora vi lá também,

acho que a pergunta era qual o regulador aconselhado para um painel de 100wp não para 2 ou 3...

e a resposta foi: o aconselhado será um de 8a, existente em várias marcas... se quiseres saber algum modelo é só perguntar...

na questão da corrente temos de ver no datasheet do painel qual é a máxima corrente de pico. deduzo que se a pp= potência de pico for 100wp um painel em pico estará a produzir pelo menos 14v ou seja 100w/14v= 7,14a. o que estou a dizer é o que vejo na prática de teoria não tem nada, pois eu trabalho com eles todos os dias...

se quiser aumentar compra outro regulador adequado aos paineis que comprar. funcionalmente funciona tudo na mesma...
é claro que em termos economicos é melhor comprar apenas 1 de maior corrente que dê para fazer mais... mas isso depende do que se previr para o futuro...

quanto a funcionarem todos da mesma maneira, basicamente sim! uns têm lcd, outros têm a função para ligação automática da saída quando escurece (tipo sensor crepuscular), idela para iluminação exterior, e outras coisas sem importância para o painel, apenas influem na interacção com o utilizador...

já agora ò truka, não sejas sempre do contra... aceita as opiniões dos outros...

cumprimentos,
sat11630


ztxnew
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 143
Registado: segunda set 24, 2007 9:59 am
Localização: Alverca/Braga
Estado: Desligado

Mensagem por ztxnew » segunda out 29, 2007 3:05 pm

sat.
como trabalha no ramo, tem alguma indicação sobre previsão da evolução do preço dos painéis nos próximos tempos?
não será previsível que com uma unidade de produção em portugal, assim como com o aumento do volume produzido, poderá via a haver alguma redução substancial no preço por unidade de potência dos painéis?

um abraço,
Do deserto...nada.

José Teixeira


truka
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 83
Registado: terça jun 12, 2007 10:06 pm
Localização: Palmela
Estado: Desligado

Mensagem por truka » terça out 30, 2007 2:56 pm

nem pouco mais ou menos,amigo sat11630,
embora não tenha sua profissão,por necessidade tive de saber destas coisas.
já que o amigo trabalha nisto,pode informar ao pessoal qual a diferença do regulador out back,em relação a outros não mppt?
atenção que eu não sei tudo,mas tenho aprendido muito á minha custa.
um abraço,
truka.


sat11630
Membro
Membro
Mensagens: 10
Registado: sábado out 27, 2007 11:48 pm
Estado: Desligado

Mensagem por sat11630 » terça out 30, 2007 10:48 pm

olá,
é possivel que baixem um pouco, mas não acredito muito, eles já vêm da china mais baratos, mas as características não são as melhores. chamam monocristalinos a muitos que depois tem com cada lasca....
a tecnologia de purificação do silicio é muito cara. ele existe em abundancia mas não com as qualidades desejadas.

quanto aos reguladores mppt (maximum power point tracking) têm a caracteristica de calcular a tensão à qual a potência do painel é maxima, isto é não actua simplesmente como contactor, e liga à tensão da bateria quando carrega. um exemplo, um mppt, ligado a um painel de 130wp faz funcionar a tensão de 17v que é onde a potência é maximizada, caso funcionasse a 12v tensão de uma bateria com menos de meia carga o rendimento equivalente seria o de um painel de 90wp.

sr. truka não está em questão quem sabe mais ou menos, acho que de quando em vez parece ser do "contra" ...
estamos aqui todos para aprender um pouco mais. quanto ao regulador mppt acho escusado gastar 200€ para um painel, quando pode gastar 50-60€.

cumprimentos,
sat11630


truka
Membro Dedicado
Membro Dedicado
Mensagens: 83
Registado: terça jun 12, 2007 10:06 pm
Localização: Palmela
Estado: Desligado

Mensagem por truka » quarta out 31, 2007 11:08 am

senhor sat11630,
não se trata de saber quem é que sabe ou deixa de saber.
como já disse não faço disto profissão como é o seu caso.
afinal os reguladores não funcionam todos da mesma maneira!
os reguladores de carga com funcionamento mppt,conseguem obter cerca de 30 a 40% a mais de energia que um regulador convensional.
há no mercado outro tipo de reguladores,que desvia a corrente do painel para outra utilização sempre que abateria estiver carregada.
tambem há paineis de 24v.
um abraço,
truka.

Responder

Voltar para “Solar Fotovoltaica”