Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

A energia dos ventos - Neste local pode discutir todos os assuntos relacionados com esta forma de produzir energia.




onemusik
Membro Silver
Membro Silver
Mensagens: 121
Registado: quarta jul 09, 2014 5:41 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por onemusik » terça ago 05, 2014 9:33 pm

Oi amigos,

Fiz um gerador eolico como podem ver ele em funcionamento nesse vidio:

https://www.youtube.com/watch?v=TTI90JS ... _jlP3VHmLA" onclick="window.open(this.href);return false;

Agora é o seguinte, ele me da no maximo 14 volts.. so que nao sei medir amperagem já tentei de tudo :(

E alem disso nao sei ver se ele é bom para tal.

Alguem me ajuda? Ja li tanta coisa e tentei tanta coisa que ja nem sei o que fazer.

Tiago



alanfernandes
Membro
Membro
Mensagens: 12
Registado: quinta nov 05, 2015 9:03 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por alanfernandes » quinta nov 05, 2015 9:06 pm

Pessoal, boa noite!

É possível dimensionar um sistema eólico com uma bateria de 12V 240A?

Qual seria o melhor alternador para este tipo de bateria?

Forte abraço!

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Josenir
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 1473
Registado: quinta set 04, 2008 12:42 am
Localização: Boa Vista - Roraima - Brasil
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Josenir » quinta nov 05, 2015 10:58 pm

alanfernandes Escreveu:Pessoal, boa noite!
É possível dimensionar um sistema eólico com uma bateria de 12V 240A?
Qual seria o melhor alternador para este tipo de bateria?
Forte abraço!
A sua pergunta está um pouco "solta". Falta explicar melhor o que você pretende.

Sugestão: leia o artigo do link abaixo, e depois nos explique melhor o seu objetivo. Aí vai ficar mais fácil.
http://www.neoeolica.com.br/dimensionar.htm

Agradeço.


alanfernandes
Membro
Membro
Mensagens: 12
Registado: quinta nov 05, 2015 9:03 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por alanfernandes » sexta nov 06, 2015 12:28 am

Josenir Escreveu:
alanfernandes Escreveu:Pessoal, boa noite!
É possível dimensionar um sistema eólico com uma bateria de 12V 240A?
Qual seria o melhor alternador para este tipo de bateria?
Forte abraço!
A sua pergunta está um pouco "solta". Falta explicar melhor o que você pretende.

Sugestão: leia o artigo do link abaixo, e depois nos explique melhor o seu objetivo. Aí vai ficar mais fácil.
http://www.neoeolica.com.br/dimensionar.htm

Agradeço.
Boa noite Josenir.

Supondo essa bateria estacionária me entregue 2880W (12x240):

*Se eu tiver um gasto exato de 2880W, estes 2880W serão gastos em 1h se eu ficasse dependente da bateria? Este é o tempo que eu teria?
*Qual o alternador mais adequado para carregar esta bateria? Existe algum que chegue a 240A e assim teoricamente eu teria 1h de carga?

Um forte abraço!

Avatar do Utilizador

Emanuel Couto
Moderador
Moderador
Mensagens: 5583
Registado: domingo jul 22, 2012 7:54 pm
Localização: Açores
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Emanuel Couto » sexta nov 06, 2015 11:16 am

Não deve descarregar toda a energia da bateria... Pois se o fizesse ele não iria durar muito...!

Mesmo na fase de carga, há um limite tolerável (corrente) que a mesma aceita, (sempre consultar as especificações do fabricante).
Imagem

Sistema Para Autoconsumo Off-Gride com (2185wp) http://www.novaenergia.net/forum/viewto ... 11&t=16450

Adoro Fotografia... http://olhares.sapo.pt/ecc/

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Josenir
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 1473
Registado: quinta set 04, 2008 12:42 am
Localização: Boa Vista - Roraima - Brasil
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Josenir » sexta nov 06, 2015 11:53 am

alanfernandes Escreveu:Boa noite Josenir.
Supondo essa bateria estacionária me entregue 2880W (12x240):
*Se eu tiver um gasto exato de 2880W, estes 2880W serão gastos em 1h se eu ficasse dependente da bateria? Este é o tempo que eu teria?
*Qual o alternador mais adequado para carregar esta bateria? Existe algum que chegue a 240A e assim teoricamente eu teria 1h de carga?
Um forte abraço!
Para conseguir um sistema bem dimensionado é preciso levar em consideração algumas coisas importantes:
1) O banco de baterias deve ser capaz de atender ao consumo de pelo menos 24 horas sem receber carga;
2) Em se tratando de baterias de chumbo (chumbo-ácidas), as mais comuns, usadas em automóveis, você só pode contar com, no máximo, 60% da energia armazenada nelas. Se usar mais que isso, quanto mais usar, mais encurta a vida útil da bateria. Como as baterias são uma parte cara, se elas se danificarem, o sistema para, e você vai ter um prejuízo que pode inviabilizar tudo. Logo, se a sua bateria tem capacidade de armazenagem de 2880W, conte apenas com 1728W ou algo bem próximo disso;
3)A carga ideal para baterias chumbo-ácidas é de 10% da sua capacidade. Ou seja, se a sua bateria tem capacidade de 240A, o ideal seria carregá-la com 24A. Se usar corrente maior que essa, quanto maior for essa carga, mais a vida da bateria será encurtada. Logo, se o seu banco de bateria tiver só 240A de capacidade, não seria recomendado usar um gerador com mais que 30A. Pra usar um gerador maior, vai ter que aumentar o banco de baterias;
4) As baterias envelhecem, e com isso, vão perdendo gradativamente a capacidade de armazenagem. Hoje a sua bateria armazena 2880W. Passado um ano de uso, nas melhores condições, sem sobrecarga, essa bateria já não vai armazenar mais que 85% dessa capacidade;
5) A carga das baterias tem perdas. Ou seja, se a sua bateria armazena 2880W, você vai ter que fornecer pelo menos 10 a 20% a mais do que essa quantidade de energia, para pode ter esses 2880W armazenados nela.

Tem mais coisas que vão afetar as suas escolhas e os seus resultados. Só com mais estudo você vai enxergar melhor.

Quanto a encontrar no mercado um gerador eólico com capacidade de 240A, eu lhe diria que é possível encontrar, ou até construir, no entanto, isso já não é um gerador de pequeno porte. Por isso vai custar um pouco caro.


alanfernandes
Membro
Membro
Mensagens: 12
Registado: quinta nov 05, 2015 9:03 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por alanfernandes » sexta nov 06, 2015 1:10 pm

Josenir Escreveu:
alanfernandes Escreveu:Boa noite Josenir.
Supondo essa bateria estacionária me entregue 2880W (12x240):
*Se eu tiver um gasto exato de 2880W, estes 2880W serão gastos em 1h se eu ficasse dependente da bateria? Este é o tempo que eu teria?
*Qual o alternador mais adequado para carregar esta bateria? Existe algum que chegue a 240A e assim teoricamente eu teria 1h de carga?
Um forte abraço!
Para conseguir um sistema bem dimensionado é preciso levar em consideração algumas coisas importantes:
1) O banco de baterias deve ser capaz de atender ao consumo de pelo menos 24 horas sem receber carga;
2) Em se tratando de baterias de chumbo (chumbo-ácidas), as mais comuns, usadas em automóveis, você só pode contar com, no máximo, 60% da energia armazenada nelas. Se usar mais que isso, quanto mais usar, mais encurta a vida útil da bateria. Como as baterias são uma parte cara, se elas se danificarem, o sistema para, e você vai ter um prejuízo que pode inviabilizar tudo. Logo, se a sua bateria tem capacidade de armazenagem de 2880W, conte apenas com 1728W ou algo bem próximo disso;
3)A carga ideal para baterias chumbo-ácidas é de 10% da sua capacidade. Ou seja, se a sua bateria tem capacidade de 240A, o ideal seria carregá-la com 24A. Se usar corrente maior que essa, quanto maior for essa carga, mais a vida da bateria será encurtada. Logo, se o seu banco de bateria tiver só 240A de capacidade, não seria recomendado usar um gerador com mais que 30A. Pra usar um gerador maior, vai ter que aumentar o banco de baterias;
4) As baterias envelhecem, e com isso, vão perdendo gradativamente a capacidade de armazenagem. Hoje a sua bateria armazena 2880W. Passado um ano de uso, nas melhores condições, sem sobrecarga, essa bateria já não vai armazenar mais que 85% dessa capacidade;
5) A carga das baterias tem perdas. Ou seja, se a sua bateria armazena 2880W, você vai ter que fornecer pelo menos 10 a 20% a mais do que essa quantidade de energia, para pode ter esses 2880W armazenados nela.

Tem mais coisas que vão afetar as suas escolhas e os seus resultados. Só com mais estudo você vai enxergar melhor.

Quanto a encontrar no mercado um gerador eólico com capacidade de 240A, eu lhe diria que é possível encontrar, ou até construir, no entanto, isso já não é um gerador de pequeno porte. Por isso vai custar um pouco caro.
Excelente suas explicações.

Agora porque para uma bateria de 240A é recomendado um gerador com no máximo 30A? Que cálculo é esse de dimensionamento?

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Josenir
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 1473
Registado: quinta set 04, 2008 12:42 am
Localização: Boa Vista - Roraima - Brasil
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Josenir » sexta nov 06, 2015 4:22 pm

alanfernandes Escreveu: Excelente suas explicações.
Agora porque para uma bateria de 240A é recomendado um gerador com no máximo 30A? Que cálculo é esse de dimensionamento?
Se a sua bateria tem capacidade de 240A, e a carga ideal pra ela é de 10%, logo a carga ideal vai ser de 24A. Usando um gerador de 30A, apenas em alguns momentos ele atingirá a corrente de pico (30A), que vai exceder a corrente ideal de carga da bateria. Mas exceder a corrente ideal por curtos intervalos não chega a ser problema. O que você não pode é carregar essa bateria continuamente com uma corrente muito maior do que 10% da corrente dela.

Convém procurar o manual da bateria que você tem, pra saber qual a corrente máxima de carga que ela suporta sem ter a sua vida útil prejudicada, conforme especifica o fabricante. Aí você procura um gerador com uma capacidade compatível com a sua bateria.

Um outro fator a considerar é a disponibilidade de vento no local onde o seu sistema vai trabalhar. Pois é possível que você compre um gerador de 30A, mas que, em função da baixa disponibilidade de vento, ela venha a fornecer metade, ou menos que metade da capacidade especificada. Aí teria que adquirir um gerador maior, ou mais de um.


alanfernandes
Membro
Membro
Mensagens: 12
Registado: quinta nov 05, 2015 9:03 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por alanfernandes » sexta nov 06, 2015 5:43 pm

Josenir Escreveu:
alanfernandes Escreveu: Excelente suas explicações.
Agora porque para uma bateria de 240A é recomendado um gerador com no máximo 30A? Que cálculo é esse de dimensionamento?
Se a sua bateria tem capacidade de 240A, e a carga ideal pra ela é de 10%, logo a carga ideal vai ser de 24A. Usando um gerador de 30A, apenas em alguns momentos ele atingirá a corrente de pico (30A), que vai exceder a corrente ideal de carga da bateria. Mas exceder a corrente ideal por curtos intervalos não chega a ser problema. O que você não pode é carregar essa bateria continuamente com uma corrente muito maior do que 10% da corrente dela.

Convém procurar o manual da bateria que você tem, pra saber qual a corrente máxima de carga que ela suporta sem ter a sua vida útil prejudicada, conforme especifica o fabricante. Aí você procura um gerador com uma capacidade compatível com a sua bateria.

Um outro fator a considerar é a disponibilidade de vento no local onde o seu sistema vai trabalhar. Pois é possível que você compre um gerador de 30A, mas que, em função da baixa disponibilidade de vento, ela venha a fornecer metade, ou menos que metade da capacidade especificada. Aí teria que adquirir um gerador maior, ou mais de um.
Josenir.

Muito bom aprender com você!

Me explique outra coisa: Penso numa turbina vertical, do tipo Savonius. Como você deve saber ela só tem duas pás dispostas em formato de S. Te faço uma pergunta em relação ao tamanho. Quanto maior o tamanho da turbina, mais eficaz ela será? Pensei em algo com 2 metros de diâmetro com 4 de altura. Tenho espaço suficiente para operar umas 4 dessas neste tamanho.

A ideia inicial seria o alternador fora da turbina alimentada por polia. Ela seria centralizada por um eixo tubular onde teria duas bases circulares: Em baixo e em cima com outra base com um furo central onde levaria um rolamento. Na base de baixo pensei numa polia de 1,5m de diâmetro ligada a polia do alternador que é bem menor (para multiplicar bastante o RPM do alternador no intuito de gerar energia mesmo com pouco vento).

O que você acha? Pode me dar algumas dicas sobre esse meu raciocínio?

Avatar do Utilizador

Emanuel Couto
Moderador
Moderador
Mensagens: 5583
Registado: domingo jul 22, 2012 7:54 pm
Localização: Açores
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Emanuel Couto » sexta nov 06, 2015 6:50 pm

Magnífica explicação Josenir ;)
Imagem

Sistema Para Autoconsumo Off-Gride com (2185wp) http://www.novaenergia.net/forum/viewto ... 11&t=16450

Adoro Fotografia... http://olhares.sapo.pt/ecc/

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Josenir
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 1473
Registado: quinta set 04, 2008 12:42 am
Localização: Boa Vista - Roraima - Brasil
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Josenir » sexta nov 06, 2015 9:51 pm

A
alanfernandes Escreveu: Josenir.

Muito bom aprender com você!
Me explique outra coisa: Penso numa turbina vertical, do tipo Savonius. Como você deve saber ela só tem duas pás dispostas em formato de S. Te faço uma pergunta em relação ao tamanho. Quanto maior o tamanho da turbina, mais eficaz ela será? Pensei em algo com 2 metros de diâmetro com 4 de altura. Tenho espaço suficiente para operar umas 4 dessas neste tamanho.
A ideia inicial seria o alternador fora da turbina alimentada por polia. Ela seria centralizada por um eixo tubular onde teria duas bases circulares: Em baixo e em cima com outra base com um furo central onde levaria um rolamento. Na base de baixo pensei numa polia de 1,5m de diâmetro ligada a polia do alternador que é bem menor (para multiplicar bastante o RPM do alternador no intuito de gerar energia mesmo com pouco vento).
O que você acha? Pode me dar algumas dicas sobre esse meu raciocínio?
Depois de muito estudo e muitos experimentos, cheguei a uma conclusão sobre multiplicador de rotação. Se você tiver que ampliar a rotação da sua turbina em mais que quatro vezes, as perdas mecânicas aumentam muito, e passa a não compensar o ganho de rotação. À medida em que você aumenta a rotação, diminui o torque. Aumentando muito a rotação, diminui muito o torque e aumentam as perdas mecânicas por atrito. Aí se perde a maior parte da energia mecânica que a sua turbina produz.

A solução é ampliar em três ou quatro vezes só, e ver qual rotação a sua turbina atinge, com um bom torque (alguma coisa de peso pra ela mover, ou um freio). Sabendo qual é essa rotação, você constrói um gerador com uma quantidade maior de pólos. Quanto maior a quantidade de pólos do gerador, menor a rotação que ele vai precisar para gerar energia com qualidade. Para mais detalhes sobre isso, consulte o início do meu tópico sobre Bobinamento de Geradores.

https://www.novaenergia.net/forum/viewt ... 800#p75134


alanfernandes
Membro
Membro
Mensagens: 12
Registado: quinta nov 05, 2015 9:03 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por alanfernandes » sábado nov 07, 2015 1:03 am

Josenir Escreveu:A
alanfernandes Escreveu: Josenir.

Muito bom aprender com você!
Me explique outra coisa: Penso numa turbina vertical, do tipo Savonius. Como você deve saber ela só tem duas pás dispostas em formato de S. Te faço uma pergunta em relação ao tamanho. Quanto maior o tamanho da turbina, mais eficaz ela será? Pensei em algo com 2 metros de diâmetro com 4 de altura. Tenho espaço suficiente para operar umas 4 dessas neste tamanho.
A ideia inicial seria o alternador fora da turbina alimentada por polia. Ela seria centralizada por um eixo tubular onde teria duas bases circulares: Em baixo e em cima com outra base com um furo central onde levaria um rolamento. Na base de baixo pensei numa polia de 1,5m de diâmetro ligada a polia do alternador que é bem menor (para multiplicar bastante o RPM do alternador no intuito de gerar energia mesmo com pouco vento).
O que você acha? Pode me dar algumas dicas sobre esse meu raciocínio?
Depois de muito estudo e muitos experimentos, cheguei a uma conclusão sobre multiplicador de rotação. Se você tiver que ampliar a rotação da sua turbina em mais que quatro vezes, as perdas mecânicas aumentam muito, e passa a não compensar o ganho de rotação. À medida em que você aumenta a rotação, diminui o torque. Aumentando muito a rotação, diminui muito o torque e aumentam as perdas mecânicas por atrito. Aí se perde a maior parte da energia mecânica que a sua turbina produz.

A solução é ampliar em três ou quatro vezes só, e ver qual rotação a sua turbina atinge, com um bom torque (alguma coisa de peso pra ela mover, ou um freio). Sabendo qual é essa rotação, você constrói um gerador com uma quantidade maior de pólos. Quanto maior a quantidade de pólos do gerador, menor a rotação que ele vai precisar para gerar energia com qualidade. Para mais detalhes sobre isso, consulte o início do meu tópico sobre Bobinamento de Geradores.

https://www.novaenergia.net/forum/viewt ... 800#p75134
Obrigado Josenir.

Tens algum conhecimento de algum alternador automotivo que pode receber um upgrade para 16 polos (60Hz a 450 RPM)?

Neste caso eu o compraria e mandaria fazer este procedimento.

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Josenir
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 1473
Registado: quinta set 04, 2008 12:42 am
Localização: Boa Vista - Roraima - Brasil
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Josenir » sábado nov 07, 2015 2:39 pm

alanfernandes Escreveu: Obrigado Josenir.
Tens algum conhecimento de algum alternador automotivo que pode receber um upgrade para 16 polos (60Hz a 450 RPM)?
Neste caso eu o compraria e mandaria fazer este procedimento.
Tem um alternador da marca Wapsa de 16 pólos, usado em ônibus com ar condicionado. Não achei nenhum link pra ele, mas pesquisando nas lojas especializadas em autopeças, ou nas sucatas e oficinas, você deve encontrar. Os demais alternadores automotivos que eu conheço são de 12 polos.

No quesito facilidade de aumentar a quantidade de pólos,os geradores baseados em ímãs levam vantagem. É mais fácil aumentar a quantidade de polos. Se precisar de mais de 16 polos, talvez a solução seja construir um gerador axial de ímãs.


alanfernandes
Membro
Membro
Mensagens: 12
Registado: quinta nov 05, 2015 9:03 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por alanfernandes » domingo nov 08, 2015 10:29 pm

Josenir Escreveu:
alanfernandes Escreveu: Obrigado Josenir.
Tens algum conhecimento de algum alternador automotivo que pode receber um upgrade para 16 polos (60Hz a 450 RPM)?
Neste caso eu o compraria e mandaria fazer este procedimento.
Tem um alternador da marca Wapsa de 16 pólos, usado em ônibus com ar condicionado. Não achei nenhum link pra ele, mas pesquisando nas lojas especializadas em autopeças, ou nas sucatas e oficinas, você deve encontrar. Os demais alternadores automotivos que eu conheço são de 12 polos.

No quesito facilidade de aumentar a quantidade de pólos,os geradores baseados em ímãs levam vantagem. É mais fácil aumentar a quantidade de polos. Se precisar de mais de 16 polos, talvez a solução seja construir um gerador axial de ímãs.
Excelente.

Se eu comprar um alternador e retirar aquela bobina posso então colocar discos de imã de neodímio. Certo? Quantos vão ali dentro? São dois? Fazendo norte e sul?

Se sim, o simples fato de ter um motor de 12 polos com esses imãs de neodímo em formato de disco no lugar da bobina já vai me permitir girar com menos RPM e mais capacidade de voltagem?

Digamos que eu tenha um alternador com 12 polos, 12v 100A. Fazendo essa adaptação é possível mensurar qual seria o mínimo de RPM para atingir os 12V?

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Josenir
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 1473
Registado: quinta set 04, 2008 12:42 am
Localização: Boa Vista - Roraima - Brasil
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Josenir » segunda nov 09, 2015 12:28 am

alanfernandes Escreveu: Excelente.
Se eu comprar um alternador e retirar aquela bobina posso então colocar discos de imã de neodímio. Certo? Quantos vão ali dentro? São dois? Fazendo norte e sul?
Se sim, o simples fato de ter um motor de 12 polos com esses imãs de neodímo em formato de disco no lugar da bobina já vai me permitir girar com menos RPM e mais capacidade de voltagem?
Digamos que eu tenha um alternador com 12 polos, 12v 100A. Fazendo essa adaptação é possível mensurar qual seria o mínimo de RPM para atingir os 12V?
Não. O simples fato de usar ímãs ou invés de bobina no rotor não altera nada. A não ser pelo fato de que se colocar ímãs fortes vai ter mais potência, e se colocar ímãs fracos, vai ter menos. No caso dos alternadores, a meu ver, é melhor deixar o bobinamento de rotor, e não usar ímãs.

Pra conseguir rotação menor, você teria que construir o seu gerador, com a quantidade de polos que deseja. E isso é mais fácil construindo um gerador axial. A meu ver é mais fácil construir um gerador axial novo do que tentar mudar a quantidade de polos de um gerador que já existe.

Um gerador de 12 polos, sendo baseado em ímãs ou não, vai precisar da mesma rotação. Não é a forma construtiva que altera a rotação de trabalho, é a quantidade de polos.


alanfernandes
Membro
Membro
Mensagens: 12
Registado: quinta nov 05, 2015 9:03 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por alanfernandes » segunda nov 09, 2015 8:51 pm

Josenir Escreveu:
alanfernandes Escreveu: Excelente.
Se eu comprar um alternador e retirar aquela bobina posso então colocar discos de imã de neodímio. Certo? Quantos vão ali dentro? São dois? Fazendo norte e sul?
Se sim, o simples fato de ter um motor de 12 polos com esses imãs de neodímo em formato de disco no lugar da bobina já vai me permitir girar com menos RPM e mais capacidade de voltagem?
Digamos que eu tenha um alternador com 12 polos, 12v 100A. Fazendo essa adaptação é possível mensurar qual seria o mínimo de RPM para atingir os 12V?
Não. O simples fato de usar ímãs ou invés de bobina no rotor não altera nada. A não ser pelo fato de que se colocar ímãs fortes vai ter mais potência, e se colocar ímãs fracos, vai ter menos. No caso dos alternadores, a meu ver, é melhor deixar o bobinamento de rotor, e não usar ímãs.

Pra conseguir rotação menor, você teria que construir o seu gerador, com a quantidade de polos que deseja. E isso é mais fácil construindo um gerador axial. A meu ver é mais fácil construir um gerador axial novo do que tentar mudar a quantidade de polos de um gerador que já existe.

Um gerador de 12 polos, sendo baseado em ímãs ou não, vai precisar da mesma rotação. Não é a forma construtiva que altera a rotação de trabalho, é a quantidade de polos.
Posso afirmar então que qualquer alternador automotivo moderno com 12 polos consegue entregar 12v/60hz a 600RPM?

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Josenir
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 1473
Registado: quinta set 04, 2008 12:42 am
Localização: Boa Vista - Roraima - Brasil
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Josenir » segunda nov 09, 2015 9:55 pm

alanfernandes Escreveu:Posso afirmar então que qualquer alternador automotivo moderno com 12 polos consegue entregar 12v/60hz a 600RPM?
Sim. Se possui 12 polos, fornecerá 60Hz com 600 RPM. Isso porque a cada volta, se tem 12 polos, teremos 12 pulsos de corrente alternada na saída do bobinamento. Esses 12 pulsos formam 6 ciclos de subida e descida da senóide. E se temos um giro de 600 RPM, 600 RPM x 6 ciclos = 3600 Ciclos/minuto. Um hertz significa 1 ciclo/segundo. Se temos 3600 ciclos/minuto, então, 3600 / 60 segundos = 60. Ou seja, 60Hz.

Veja que isso não é o mesmo que dizer que um alternador de 100A vai fornecer esses 100A com rotação de 600 RPM. Tem que ver a curva de potência que o fabricante informa para cada alternador.


alanfernandes
Membro
Membro
Mensagens: 12
Registado: quinta nov 05, 2015 9:03 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por alanfernandes » segunda nov 09, 2015 9:58 pm

Josenir Escreveu:
alanfernandes Escreveu:Posso afirmar então que qualquer alternador automotivo moderno com 12 polos consegue entregar 12v/60hz a 600RPM?
Sim. Se possui 12 polos, fornecerá 60Hz com 600 RPM. Isso porque a cada volta, se tem 12 polos, teremos 12 pulsos de corrente alternada na saída do bobinamento. Esses 12 pulsos formam 6 ciclos de subida e descida da senóide. E se temos um giro de 600 RPM, 600 RPM x 6 ciclos = 3600 Ciclos/minuto. Um hertz significa 1 ciclo/segundo. Se temos 3600 ciclos/minuto, então, 3600 / 60 segundos = 60. Ou seja, 60Hz.

Veja que isso não é o mesmo que dizer que um alternador de 100A vai fornecer esses 100A com rotação de 600 RPM. Tem que ver a curva de potência que o fabricante informa para cada alternador.
Excelente Josenir!

O que acha das soluções em 24V?

Alternadores em 24V possuem vantagens sobre os de 12V? Se sim, quais seriam?

Avatar do Utilizador

Autor do tópico
Josenir
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 1473
Registado: quinta set 04, 2008 12:42 am
Localização: Boa Vista - Roraima - Brasil
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por Josenir » segunda nov 09, 2015 10:15 pm

alanfernandes Escreveu: O que acha das soluções em 24V?
Alternadores em 24V possuem vantagens sobre os de 12V? Se sim, quais seriam?
Pode-se dizer que os geradores eólicos de pequeno porte, pelo menos de capacidade até 500W, em geral, fornecem 12V.

Usar 12V leva a algumas facilidades. As baterias, por exemplo, são mais comuns em 12V. Alguns aparelhos elétricos e eletrônicos são comuns serem encontrados em modelos que podem ser alimentados diretamente com 12V. Até os inversores dessa faixa de potência, são mais comuns em 12V. Logo, se desejar construir um gerador nessa faixa de potência, pelas facilidades e possível compatibilidade com outros equipamentos, é melhor pensar em usar 12V.

No entanto, se desejar trabalhar com potência maior que 600W, aí já vai ter que considerar outros prós e contras. O primeiro que eu vejo relevante é a questão do transporte dessa energia, do gerador para o banco de baterias. Potência maior vai exigir fio mais grosso. Tensão mais alta vai permitir transportar mais potência com fio mais fino. Tensão maior vai dar menos perdas nesse transporte de energia. Tendo 24V, ao invés de 12V, quando precisar elevar para 110V ou 220V, você terá menos perdas no inversor. E por aí vai.


alanfernandes
Membro
Membro
Mensagens: 12
Registado: quinta nov 05, 2015 9:03 pm
Estado: Desligado

Re: Energia Eólica - Assuntos Diversos Relacionados

Mensagem por alanfernandes » segunda nov 09, 2015 10:33 pm

Josenir Escreveu:
alanfernandes Escreveu: O que acha das soluções em 24V?
Alternadores em 24V possuem vantagens sobre os de 12V? Se sim, quais seriam?
Pode-se dizer que os geradores eólicos de pequeno porte, pelo menos de capacidade até 500W, em geral, fornecem 12V.

Usar 12V leva a algumas facilidades. As baterias, por exemplo, são mais comuns em 12V. Alguns aparelhos elétricos e eletrônicos são comuns serem encontrados em modelos que podem ser alimentados diretamente com 12V. Até os inversores dessa faixa de potência, são mais comuns em 12V. Logo, se desejar construir um gerador nessa faixa de potência, pelas facilidades e possível compatibilidade com outros equipamentos, é melhor pensar em usar 12V.

No entanto, se desejar trabalhar com potência maior que 600W, aí já vai ter que considerar outros prós e contras. O primeiro que eu vejo relevante é a questão do transporte dessa energia, do gerador para o banco de baterias. Potência maior vai exigir fio mais grosso. Tensão mais alta vai permitir transportar mais potência com fio mais fino. Tensão maior vai dar menos perdas nesse transporte de energia. Tendo 24V, ao invés de 12V, quando precisar elevar para 110V ou 220V, você terá menos perdas no inversor. E por aí vai.
Josenir.

Me preocupou quando você disse que não significa dizer que a 600 RPM um alternador vai entregar a amperagem desejada. Pelo que ví, muitos só conseguem entregar 60, 80A estando no mínimo a 2500, 3000 RPM. Não sei se existe maneira de multiplicar a rotação do alternador numa proporção tão grande.

Considerando um alternador automotivo, o que posso alterar nele para que eu consiga mais amperagem em baixa rotação?

Responder

Voltar para “Energia Eólica”